Saiba como definir a taxa de pulverização (L/ha) mais adequada

Ela é essencial para determinar a quantidade adequada do produto aplicado por hectare e evitar possíveis erros

 

Quando o assunto é taxa de pulverização (L/ha), o primeiro aspecto a ser analisado é como obter o máximo de eficácia e controle do produto com o mínimo de aplicação.

Para isso, é necessário verificar alguns fatores que apresentam impacto direto nesse processo.

É importante ressaltar que a taxa de aplicação e o tamanho de gota são as formas mais utilizadas para se alterar a cobertura e, por isso, devem fazer parte da análise no momento da escolha da técnica a ser utilizada. Mudanças nesses parâmetros interferem diretamente na cobertura desejada.

Confira quais são os fatores que impactam diretamente a pulverização, na opinião do especialista em Tecnologia de Aplicação da Jacto, Daniel Petreli da Silva.

Melhor taxa de pulverização:

Para melhor desempenho, é fundamental equilibrar os problemas relacionados às condições ambientais com:

  • estágio de desenvolvimento da planta;
  • classificação do tamanho de gota escolhida;
  • melhor cobertura em função da densidade de gotas, segundo o tipo de agroquímico a ser utilizado (veja mais abaixo);
  • rendimento operacional para cobrir toda a área no tempo necessário.

Esses aspectos podem ser confirmados na própria bula dos agroquímicos.

Cobertura necessária:

Geralmente representada pela quantidade de gotas por centímetro quadrado, a cobertura é um dos principais fatores relacionados ao sucesso das aplicações, pois indica a forma com que o produto foi distribuído na área. Ou seja, de forma homogênea ou concentrada em apenas um único local. Ela depende do tipo de aplicação e do seu alvo. Para cada um, deve-se respeitar a quantidade mínima de gotas para que, assim, o produto cumpra sua função de forma eficiente.

Relação tamanho de gota e taxa de aplicação
Relação tamanho de gota e taxa de aplicação

Como definir a cobertura?

Por meio de calibração da pulverização, utilizando ferramentas que garantam que o equipamento tenha uma aplicação eficiente. No quadro abaixo, é possível verificar como definir a cobertura necessária, de acordo com o tipo de alvo e produto fitossanitário utilizado.

Como definir cobertura necessária, de acordo com o tipo de alvo e produto fitossanitário utilizado

Dicas anotadas? Você costuma seguir outras orientações antes de definir a taxa de pulverização para a sua pastagem? Compartilhe com a gente, abaixo, nos comentários!

 

Compartilhe

7 respostas para “Saiba como definir a taxa de pulverização (L/ha) mais adequada”

  1. Excelente novidades para nós que trabalhamos com Assessoria Técnica Agronômica. Está de parabéns. Paulo Sérgio – Perene Agronegócios Ltda

    1. Ficamos felizes que o conteúdo foi útil para você, Paulo. Continue nos acompanhando, pois sempre temos novidades por aqui! Agradecemos seu comentário. 🙂

    1. Ficamos felizes que a informação tenha sido útil para você, Sebastião. ? Conta pra gente: como você fazia para definir a taxa de pulverização na sua propriedade?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*