Fertilizantes: a hora certa para comprar

Comportamento de preços, custo de capital, poder de negociação, armazenagem e eficiência operacional são fatores que devem ser considerados.

Autor: Gustavo Aguiar – zootecnista, mestre em administração.

O conhecimento da dinâmica de preços dos insumos tende a conferir vantagem ao produtor.

O planejamento de compra é fundamental e difícil de ser feito quando se busca o momento adequado para aquisição destes produtos.

Em uma formação de pastagem conduzida de acordo com as recomendações técnicas, os insumos representam a maior parte do custo da formação.

Segundo estimativas da Scot Consultoria, na formação do pasto realizada de acordo com as recomendações técnicas, os insumos (calcário, fertilizantes, sementes, defensivos e etc.) têm uma participação média de 70% do custo da operação.

Dentro dos custos com aquisição de insumos, se destacam os fertilizantes, cuja participação média é de 70%.

Em resumo, os fertilizantes podem representar quase a metade do custo de uma boa formação de pastagens.

Em função disso abordamos especificamente o mercado de fertilizantes e os aspectos do planejamento de compra.

 

Atenção ao mercado

Uma série de fatores exercem impacto sobre a cotação dos adubos, como o dólar (cerca de 70% do fertilizante consumido no Brasil é importado), demanda interna (depende do clima, preço de venda do produto final, disponibilidade de crédito) e demanda externa (procura internacional pelo produto).

Além disso, a sazonalidade da demanda por fertilizantes no decorrer do ano também interfere no preço.

Na figura 1 está descrita a evolução média mensal da entrega de fertilizantes e preços dos adubos nitrogenados, fosfatados e potássicos, desde 2008.

Figura 1.
Evolução mensal da entrega de fertilizantes e preços dos adubos nitrogenados, fosfatados e potássicos, na média de 2008 a 2015.  Janeiro = base 100

Fonte: ANDA / Compilado pela Scot Consultoria

 

Os meses de maior entrega do produto são os que antecedem o plantio da safra de verão, com destaque para agosto, setembro e outubro.

Há notável proximidade entre o comportamento da evolução da entrega mensal de fertilizantes e do preço dos adubos. Para as três categorias de fertilizantes analisados, o pico de preços anual se deu em outubro.

Isso nos indica que, pelo menos em termos de preço, o produtor que antecipa suas compras para os meses de menor movimentação (março, abril e maio são boas referências) tende, em longo prazo, a ser beneficiado.

 

Aspectos práticos

Porém, para uma análise completa, há pontos positivos e negativos que o produtor deve considerar para decidir:

  1. Custo de capital (negativo)

    A antecipação da compra implica em imobilização de capital em estoque.

    Neste sentido, a fazenda dispõe de caixa para tal antecipação ou pode levantar este recurso no mercado? Se a resposta for positiva, qual é o custo deste capital imobilizado?

    Esta análise de custo de capital deve ser contraposta à projeção de preços para os fertilizantes nos meses seguintes para avaliação da efetividade da estratégia de antecipação da compra.

  2.  Capacidade de armazenagem (negativo)

    Diz respeito à infraestrutura da empresa rural.

    Deve-se perguntar se a fazenda dispõe de capacidade de armazenagem para a antecipação das compras. Em outras palavras, é possível estocar o insumo para sua utilização posterior de maneira adequada, sem prejuízo das suas características e sem perdas?

    Também neste caso, é preciso considerar os custos de armazenamento, a fim de realizar a análise econômica da antecipação das compras.

  3.  Tranquilidade para as checagens e operações (positivo)

    A compra antecipada permite que as checagens de qualidade e as operações em si sejam feitas serenamente.

    A checagem envolve confirmar se o que foi recebido (em volume e especificação) confere com o que foi pedido.

    Além disso, a realização das compras em cima da hora deixa margem para o “azar”, como em casos de atraso na entrega e perda das condições ideais de plantio pela eventual ausência de insumos.

  4.  Melhor negociação (positivo)

Além da verificação dos menores preços médios no primeiro semestre, a compra antecipada dá espaço para checagem de diferentes fornecedores, comparação de preços e negociação.

Assim, o benefício de preços poderá ser ampliado.

 

Considerações finais

Apesar do conhecimento do comportamento médio dos preços, é fundamental o acompanhamento rotineiro do mercado, pois há anos em que os preços fogem do padrão histórico.

Com o conhecimento do mercado e de posse de uma boa projeção de preços, procede-se a avaliação dos aspectos práticos da antecipação de compra.

Assim, recomenda-se que se avalie estes quesitos de acordo com a realidade de sua fazenda para a melhor decisão.

Clique e leia a matéria completa

Tags

Compartilhe nas suas Redes Sociais:

Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos e personalizados

Cadastro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*