Arraiá de Norte a Sul: saiba como são as festas juninas pelo Brasil

Vamos conhecer algumas das tradições da divertida festa que movimenta o país

festas juninas pelo brasil

Alegria! Já está começando a festança. E todo mundo cai na dança. Afinal, é festa junina. Além de divertida e cheia de comidas típicas de dar água na boca, essa celebração é também uma das mais populares no Brasil.

Estourar fogos de artifício, pular fogueira, casamento caipira e quadrilha. As festas juninas são repletas de brincadeiras. Sem falar na decoração, caracterizada pelos balões e bandeirinhas, e na simpatia, que não pode faltar. Tudo isso cabe em um único mês, mas bem que a gente gostaria que durasse o ano inteiro, não é?

 A festa junina é celebrada no Brasil desde o século XVII. De lá para cá, a comemoração foi mudando, até chegar ao que conhecemos hoje. Vamos, então, descobrir como ela é comemorada em diferentes regiões?

Nordeste

Embora comemorada em todas as regiões, o Nordeste é famoso por contar com as maiores e mais animadas festas juninas. Em Caruaru (PE), por exemplo, são quase 500 shows. As quadrilhas podem chegar a contar com 4 mil pessoas e têm direito até a trio elétrico. No entanto, Campina Grande (PB) é uma forte concorrente na categoria “maior festa junina do país”, com casamento coletivo no Dia de Santo Antônio e muito forró pé de serra. Outro destaque da festa paraibana é o Expresso Forrozeiro, que é, literalmente, um trem com shows diferentes em cada vagão.

Mas não dá pra falar de festa junina sem lembrar das receitas deliciosas preparadas Brasil afora, certo? E já que estamos falando do Nordeste, entre os pratos famosos destacamos o curau, a canjica, o bolo de milho, a pipoca e o milho cozido.

Norte

Já a região Norte conta com pratos como bolo de macaxeira, cuscuz, munguzá, vatapá e tacacá. E claro que não pode faltar quadrilha! Inclusive, há uma dança típica da região chamada Carimbó, que mistura elementos das culturas indígena, negra e portuguesa. Sem falar nas coreografias que encenam o folclore local, como a lenda do boto. Em alguns lugares, como Belém e Manaus, a quadrilha é substituída pela tradição do Boi-Bumbá, herança da época da colonização portuguesa, celebrada desde 1913 e que, desde 1988, conta com um Bumbódromo, onde é encenada a famosa disputa entre o Boi Garantido e o Boi Caprichoso.

Centro-Oeste

A região Centro-Oeste também conta com suas tradições e delícias. Misturando elementos que já conhecemos, como a quadrilha, e com influências de costumes de outros países, a celebração nessa região apresenta o som da Polca e o gostinho da sopa paraguaia, um bolo de milho típico desse país e muito consumido no Mato Grosso do Sul. Também valoriza tradições como a lavagem dos santos com a apresentação dos grupos de Cururu, que misturam danças e cantigas que narram histórias do santo homenageado. E as comidinhas? Ah, tem arroz-doce, bolo de amendoim, broa de fubá, pé de moleque, cocada e quentão.

Sudeste

No Sudeste também tem festança! Além das delícias clássicas como milho verde, pamonha e pipoca, a mesa de guloseimas também conta com cachorro-quente, pastel e, em Minas Gerais, o delicioso pão de queijo. Em Minas, acontecem as festas juninas mais animadas da região, mas os outros estados entram na dança, e os arraiais de São Paulo se destacam. O que não falta é quermesse também no Rio e no Espírito Santo, que entram no clima com diversas festas. É claro que tem quadrilha e as brincadeiras incluem pescaria, correio elegante e bingo.

Sul

No Sul, o pinhão e o quentão se destacam. Esse último combina com o clima da região que traz aquele friozinho no mês de junho. Quadrilhas e fogueiras também são comuns nessa região e, no Rio Grande do Sul, o figurino recebe alguns complementos, como a bombacha, vestimenta típica do local. Lá, é tocado muito vaneirão e xote gaúcho para embalar a noite. Santa Catarina também capricha na festa junina como, por exemplo, a festa de São João do Itaperiú, região Norte do estado, celebrada desde 1916.

De Norte a Sul, passando pelo Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste também, as comemorações garantem um mês de junho sempre agitado, com brincadeiras, música e dança para todos os gostos. Tudo isso além de uma viagem gastronômica das mais deliciosas. Agora, compartilha com a gente, como é comemorada a festa junina na sua região?

LEIA TAMBÉM: Orgulho da história da nossa música sertaneja

 

Clique e leia a matéria completa

Tags

Compartilhe nas suas Redes Sociais:

Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos e personalizados

Cadastro

2 respostas para “Arraiá de Norte a Sul: saiba como são as festas juninas pelo Brasil”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*