Pulverizadores: três recomendações práticas e fáceis para a manutenção

Saiba como otimizar a conservação dos aparelhos e aumentar a eficiência da aplicação de defensivos agrícolas

Você sabia que a manutenção correta do pulverizador agrícola é tão importante quanto a escolha do equipamento? Além de aumentar sua conservação, o cuidado adequado com a máquina otimiza a eficiência da pulverização e do uso dos defensivos agrícolas no combate a plantas daninhas.

Confira três etapas fundamentais na manutenção de pulverizadores, segundo o técnico em tecnologia de aplicação Daniel Petreli da Silva, da Jacto.

Regulagem e calibração

Essas são etapas essenciais para que o pulverizador alcance a performance esperada. Isso porque, ao fazer a regulagem e a calibragem do equipamento, você garante o uso da quantidade correta do defensivo agrícola e a aplicação adequada do produto. A calibração pode ser feita quando o consumo do defensivo atingir 15% a mais que o obtido com a calibração anterior.

Limpeza

A limpeza correta dos pulverizadores garante a saúde dos profissionais aplicadores, a preservação da natureza e a manutenção da eficiência dos defensivos. Deve ser feita diariamente, ao final do uso e na troca do tipo de produto, sempre com os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) adequados. Detergentes especiais, desengraxantes e outros produtos, além de água, podem ser usados. Para uma limpeza correta e completa, é recomendado remover peças, como gatilho, filtros e bicos, e colocá-las imersas em água. O tanque de armazenamento também deve ser lavado.

Troca de bicos e peças

Para evitar que peças e bicos com partes defeituosas prejudiquem a pulverização e outros componentes da máquina, é essencial seguir a recomendação de troca dada pelo fabricante. Bicos desgastados, por exemplo, podem gerar desperdício do defensivo em uso. A substituição deve ser feita quando a vazão estiver se desviando, no máximo, 10% em relação à vazão nominal.

Dicas anotadas? Qual outra orientação ou experiência você pode compartilhar com a gente quanto à manutenção dos pulverizadores na sua fazenda? Deixe seu comentário abaixo.

 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*