Com apenas 32 municípios brasileiros, temos o rebanho da Austrália

O Brasil possui cinco rebanhos municipais com mais de um milhão de cabeças.

rebanho bovino do Brasil

O rebanho bovino do Brasil é enorme. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o efetivo está em 214,9 milhões de cabeças, o que equivale a cerca de um quinto das 996,4 milhões de existentes no mundo, segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

Quando focamos a análise nos detalhes, temos números igualmente impressionantes. Nesta análise, vamos apresentar os maiores rebanhos bovinos municipais.  

Figura 1
Rebanhos bovinos em 2018, em mil cabeças.

Fonte: IBGE | Elaborado por Scot Consultoria

Perceba que esses cinco municípios possuem mais de um milhão de bovinos cada. Desses, temos dois localizados no Pantanal (Corumbá e Cáceres), dois no Bioma Amazônico (Marabá e São Félix do Xingu) e um no Cerrado (Ribas do Rio Pardo). São municípios com grandes extensões, o que influencia diretamente no tamanho do rebanho.

Uma diferença importante tem sido a evolução desses rebanhos. Em dez anos, Marabá teve o maior aumento da quantidade de bovinos, de 138,2%. Em São Félix do Xingu, o aumento foi de 35,5%, seguido por Cáceres, com 29%.

Os dois municípios de Mato Grosso do Sul tiveram mudanças menores no intervalo, com aumento de 4,2% em Corumbá e queda de 2,4% em Ribas do Rio Pardo. Esse recuo pode ser explicado, entre outros fatores, pelo avanço da silvicultura na região leste do estado.

Rebanhos equivalentes aos de países

Para ilustrar o tamanho dessas criações, fizemos um comparativo, com a soma dos maiores rebanhos municipais.

Dos mais de 5 mil municípios brasileiros, somando apenas os dez maiores, temos o equivalente a 12 milhões de cabeças, quantidade superior ao rebanho uruguaio, que é estimado em 11,7 milhões, segundo o USDA.

Figura 2
Rebanho acumulado, considerando os principais municípios, e comparando-se a outros países.

Fonte: IBGE | USDA | Elaborado por Scot Consultoria

Somando os 32 maiores rebanhos municipais, que representam cerca de 12% do rebanho brasileiro, atingimos a mesma quantidade de gado criado na Austrália. São 26,2 milhões de cabeças, semelhante ao efetivo do país, que se destaca em exportação de bovinos vivos e de carne.

Considerações finais

Esses números mostram o potencial da nossa pecuária. Com o rebanho de apenas um punhado de municípios, temos gado equivalente ao maior exportador de bovinos por via marítima! Isso representa um potencial de crescimento para a atividade pecuária no Brasil, já que temos o maior rebanho comercial do mundo.

Com um rebanho do tamanho do nosso, um pouco de intensificação gera acréscimo de produção suficiente para atender o aumento da demanda doméstica e para exportações. O potencial está aí.


Hyberville Neto – Médico veterinário

 

Clique e leia a matéria completa

Compartilhe nas suas Redes Sociais:

Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos e personalizados

Cadastro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*