Top 5: as startups que estão fazendo história na agropecuária

Conheça as soluções e oportunidades de desenvolvimento do negócio quando o foco é inovação

startups focadas na agropecuária

A tecnologia tem sido uma importante aliada para que mudanças climáticas e condições adversas sejam revertidas. Diversas startups (veja mais sobre o que é essa modalidade de negócio abaixo) têm investido, e muito, em novas ideias e soluções para melhorar essas questões tão relevantes para o nosso planeta.  

Na última edição do South by Southwest (SXSW), considerado um dos maiores eventos de inovação do mundo, realizado esse ano em Austin, no Texas, a startup Drone Seed foi uma das finalistas na categoria “Empreendimento e Smart Data”. A empresa trabalha com drones em ambientes pós-incêndio, com o objetivo de plantar árvores e vegetação. Entre os serviços, estão: plantio, proteção (eliminando espécies que prejudicam o desenvolvimento de árvores), pesquisa e monitoramento. 

Inspirados por essa iniciativa, resolvemos selecionar mais startups que têm se destacado na agropecuária. Confira as cinco que entraram na nossa lista e fique por dentro de oportunidades para otimizar, facilitar e economizar no seu negócio!

1. Agrosmart

A Agrosmart vai até a fazenda, analisa a parte hídrico-física do solo e realiza a parametrização de acordo com a cultura e instalação. A empresa tem um sistema on-line, em que o usuário recebe recomendações e pode acessar, em tempo real, os dados coletados pela Agrosmart em campo. Além disso, a empresa oferece uma equipe que acompanha a fazenda a distância e oferece suporte para possíveis dúvidas, demais informações e relatórios. A manutenção dos equipamentos é feita em visitas presenciais de uma equipe da empresa.

2. Sensix

A Sensix coleta indicadores agronômicos, permitindo rastreio completo do estado vegetativo durante o desenvolvimento da safra, utilizando sensores embarcados em drones/VANTs. A startup tem uma plataforma em que é possível enviar os dados coletados e processá-los na nuvem. Então, essas informações geram indicadores acionáveis com as quais o usuário conhece mais sobre a fazenda, sendo possível colocar em prática ações de prevenção ou corretivas, e até mesmo fazer uma melhor análise da propriedade, a partir da melhor identificação de áreas com anomalias e o cruzamento de dados com outros tipos de mapas (fertilidade, colheita, pragas, entre outras).

3. Plantae Gestão Agrícola

O Plantae é uma plataforma que atua na gestão de propriedades rurais desde o plantio até a colheita. O objetivo é gerir todas as atividades envolvidas no processo: defensivos, controle de pragas, manutenção de equipamentos, gestão de recursos humanos, contabilidade e finanças.

4. Pasto Sempre Verde

O Pasto Sempre Verde é um aplicativo que monitora o crescimento de pastagens ao utilizar uma ferramenta chamada Monitor GeoCrop. Dessa forma, o aplicativo promete mapear as pastagens diariamente. Por causa do monitoramento, os desenvolvedores afirmam que a produção cresce, em média, três vezes mais do que em uma propriedade brasileira comum.

5. Izagro

A Izagro é uma ferramenta multiplataforma, que conecta produtores rurais e técnicos com empresas produtoras de insumo e tecnologia. As informações disponibilizadas na plataforma são sobre pragas, doenças, agroquímicos e sementes. No aplicativo, também é possível realizar orçamentos.

As startups se destacam por buscarem soluções rápidas e inovadoras. A maioria das ferramentas disponíveis no mercado está focada em proporcionar ao produtor mais conhecimento a respeito da plantação. Com as informações acessíveis no próprio smartphone, o produtor tem maior controle do seu negócio. É uma superajuda, concorda?

 

O que é uma startup?

Há quem afirme que qualquer empresa em fase inicial é considerada uma startup. Entretanto, algumas características definem esse modelo de negócios. Confira os critérios:

  • Inovação: a empresa é focada no desenvolvimento de produtos ou serviços inovadores.
  • Tecnologia: o produto ou serviço tem potencial para ser produzido ou utilizado em larga escala.
  • Crescimento: a empresa tem ou busca crescer rapidamente.
  • Multidisciplinaridade: as equipes de startups reúnem profissionais de áreas diversas, que trabalham com tecnologia e inovação em setores de várias áreas do conhecimento.

 

 

 

 

 

 

 

 

Clique e leia a matéria completa

Tags

Compartilhe nas suas Redes Sociais:

Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos e personalizados

Cadastro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*