Árvores frutíferas: está na hora de investir no seu pomar

Não importa a região em que você more, sempre há uma opção para plantar. É só colocar a mão na terra.

arvores frutiferas

É possível fazer muita coisa no dia a dia para distrair a cabeça, como ler um livro, encontrar os amigos para um bate-papo, ouvir uma moda de viola ou, quem sabe, plantar uma árvore. Agora, por que não plantar várias, torná-las seu local de descanso e encontros e, o melhor, aproveitar o que a natureza pode proporcionar? Cultivar árvores frutíferas na sua propriedade é uma ótima ideia, e nada melhor do que o prazer de comer uma fruta direto do pé. O que não falta é opção, já que o clima do Brasil propicia o cultivo das mais variadas espécies em qualquer época do ano.

Um pomar traz ainda mais benefícios, além das frutas fresquinhas. Ele atrai pássaros e animais variados, o que deixa o ambiente mais leve e bonito, e, nos dias de calor, as árvores são um refresco à parte para todos na fazenda. Inclusive, o gado de sua propriedade só tem a ganhar com um ambiente fresco, natural e com a sombra e o vento das plantas, já que os animais são capazes de perceber e assimilar os acontecimentos à sua volta, com diferentes sensações e sentimentos diante das situações que eles enfrentam.

Cuidados essenciais no cultivo de árvores frutíferas

Antes de qualquer coisa, analise o espaço para o cultivo. A saúde da planta escolhida depende fundamentalmente do quanto ela pode se desenvolver – e até onde suas raízes podem chegar.

Em relação à terra, é preciso que ela seja rica em nutrientes e húmus. Por exemplo, uma mistura de 50% de terra preta, orgânica, com 50% de areia de rio lavada garante um início promissor.

Após plantar a muda selecionada, regue-a pelo menos uma vez a cada dois dias. Além disso, sempre aplique um reforço de adubo para mantê-la nutrida. Algumas das soluções, por exemplo, envolvem mix de secos e molhados ou fertilizantes líquidos não tóxicos.

Por fim, fora da época de flores e frutos, é necessário podar galhos e folhas. O tamanho saudável e o bom desenvolvimento dependem dessa atenção.

O que plantar no Nordeste?

O clima predominantemente seco e as altas temperaturas características da região são perfeitos para espécies nativas de frutas bem saborosas.

  • Umbuzeiro: chamada de árvore sagrada do sertão, ela pode chegar a 7 metros e é rica em água, que se acumula, inclusive, em suas raízes. O fruto, rico em vitamina C, é pequeno e arredondado, com cheiro doce e sabor levemente azedo.
  • Cajazeira: podendo atingir até 20 metros de altura, essa árvore é que dá origem ao cajá, com gosto levemente ácido e propriedades importantes para nossa saúde, ajudando na prevenção contra doenças cardíacas, osteoporose, entre outras.

Além disso, podem ser citados para plantio ideal no Nordeste a ameixa-da-mata, o caju-miniatura, o araticum-liso e outras.

arvores frutiferas

Umbuzeiro, em Pernambuco.

Meu pomar no Norte

Com elevadas temperaturas e alta umidade o ano todo, o Norte também possui árvores frutíferas ricas em nutrientes.

  • Caramboleira: uma opção de pequeno porte, com folhas e flores pequenas, é dela que vem a carambola. Trata-se de uma fruta em formato de estrela que costuma surgir 5 anos após o plantio e é rica em várias substâncias benéficas para o corpo humano.
  • Aceroleira: árvore responsável pela acerola, mede aproximadamente 3 metros de altura. Seus frutos são semelhantes a cerejas e podem ser encontrados em diversas espécies, sendo excelentes no combate a fadiga, esgotamento nervoso e estresse.

Pesquise também sobre bacupari, araçá-boi e seriguela.

arvores frutiferas

Árvore frutífera de acerola

Árvores frutíferas do Centro-Oeste

Região de clima quente com a presença de um verão chuvoso, entre os meses de outubro e abril, e um inverno seco, entre os meses de maio e setembro, já é mais fria que as anteriores.

  • Gabiroba: variando de 10 a 20 metros de altura, seus frutos são ricos em proteínas, carboidratos, sais minerais e vitaminas do complexo B. Podem ser aproveitados na forma de sucos, doces, sorvetes, pudins e ainda servir de matéria-prima para licores.
  • Pitangueira: geralmente de pequeno a médio porte, a árvore pode atingir mais de 6 metros nas condições ideais. Além de trazer frutos saborosos, com polpa suculenta, doce ou acidulada, suas folhas são conhecidas por qualidades terapêuticas quando utilizadas em chás.

Bacupari, camboim e araçá-comum são outras árvores frutíferas ideais para o Centro-Oeste.

arvores frutiferas

Galhos com pitangas maduras

Frutos do Sudeste

Chuvas bem distribuídas e grande variação de temperatura são características da região. Veja sugestões do que plantar:

  • Jabuticabeira: pode atingir até 10 metros de altura, e seus frutos são famosos nas obras de Monteiro Lobato. Eles nascem colados aos troncos e ramos, são pequenos, têm casca negra e polpa branca e são consumidos principalmente in natura.
  • Cambucizeiro: já chegou a correr risco de extinção. Tendo de 3 a 5 metros de altura, é a fonte do cambuci, uma fruta mais azeda parente da goiaba e da pitanga. Algumas pessoas a consomem direto do pé, mas é mais utilizada em receitas variadas.

Não se esqueça de dar uma olhada em grumixama, guamirim e cabeludinha.

arvores frutiferas

Tronco de jabuticabeira com frutos

E no Sul?

Temperaturas abaixo da média nacional, geadas e inverno rigoroso. Quer saber que árvores frutíferas plantar no Sul? Confira alguns exemplos:

  • Figueira: é dela que vem o figo, amplamente consumido em compotas. Pode chegar a até 3 metros de altura, necessitando de podas drásticas. Rico em açúcar, o fruto também possui alta taxa de minerais, fibras e vitaminas.
  • Romãzeira: ideal para espaços pequenos, é um arbusto que pode medir de 2 a 5 metros. Após 2 ou 3 anos, os frutos − de casca dura, com sementes carnosas de cor vermelha e sabor agridoce − começam a aparecer, e são muito apreciados em festas e momentos especiais.

Ainda, são exemplos: marmelinho, goiaba-serrana e uvaia.

arvores frutiferas

Figo nos galhos da figueira

Conte sua história sobre árvores frutíferas

Agora é com você. Aproveite os frutos cultivados e não deixe de compartilhar conosco suas experiências. Conte histórias de suas árvores preferidas, envie fotos e, claro, deixe sua dica para mostrar que não tem segredo para plantar.

Leia também: Melhore suas fotos no campo com três dicas sobre fotografia

Clique e leia a matéria completa

Tags

Compartilhe nas suas Redes Sociais:

Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos e personalizados

Cadastro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*