Choveu no Brasil Central e região Sudeste, mas atenção continua

“Foram registrados bons volumes de chuvas na terceira semana de setembro nessas regiões, mas a previsão é a de que as precipitações voltem a ficar concentradas na região Sul do país no final de setembro e começo de outubro.”

Depois de um longo período de estiagem, choveu no Brasil Central e na região Sudeste na terceira semana de setembro.

Em São Paulo e Mato Grosso do Sul, os volumes chegaram até 150 milímetros no acumulado até o dia 20/9, segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC).

O Sudeste de Mato Grosso e o Sul de Goiás, que não registravam chuvas há mais de 100 dias, também receberam bons volumes de chuvas neste mês, de acordo com a figura 1.

Figura 1
Precipitações acumuladas em setembro de 2018 (até o dia 20), em milímetros.

A figura 2 representa a situação na primeira quinzena de setembro, antes das chuvas, e depois das precipitações, na terceira semana do mês. Apenas em algumas áreas isoladas de Mato Grosso e do Norte de Goiás, além de boa parte da região Nordeste, não choveu no período analisado.

Figura 2
Número de dias consecutivos sem chuvas no Brasil. Referências: 12 e 20 de setembro de 2018.

Número consecutivo de dias sem chuva até o dia 12/09/18                  Número consecutivo de dias sem chuva até o dia 20/09/18
                                                    

Para as pastagens, é cedo para falar em melhoria das condições do capim ou até mesmo sobre a realização de alguma operação de reforma ou renovação.

Nesse caso, serão necessários maiores volumes e chuvas mais regulares, além das questões relacionadas à temperatura e luminosidade, que neste momento ainda são pouco favoráveis à recuperação do vigor do capim.

No mais, depois do longo período de estiagem no Brasil Central, mesmo com as chuvas, a disponibilidade de água no solo ainda é baixa, entre 20% e 40%, em boa parte do Centro-Oeste, além do Norte de São Paulo, Triângulo Mineiro e Norte de Minas Gerais (figura 3).

Figura 3
Disponibilidade de água no solo entre os dias 16 e 20 de setembro de 2018, em porcentagem.

Para o restante do mês de setembro, a previsão é a de que as chuvas voltem a ficar concentradas nos estados da região Sul e extremo Norte brasileiro, conforme a figura 4.

Figura 4
Previsão de chuvas no Brasil entre os dias 21 e 29 setembro de 2018, em milímetros.

Para a primeira semana de outubro (até o dia 7), as chuvas poderão se estender até o Norte da região Centro-Oeste, e deverá continuar chovendo no Sul do país. Veja a figura 5.

Figura 5
Previsão de chuvas no Brasil entre os dias 29 de setembro e 7 de outubro de 2018, em milímetros.  

 

Clique e leia a matéria completa