Clima tem beneficiado as lavouras (2ª safra) e pastagens no país

Chuva neutra

A exceção é a região Norte, onde os grandes volumes de chuvas têm prejudicado às estradas e, consequentemente, o transporte do gado e escoamento dos grãos.

Em março, ocorreram bons volumes de chuva em boa parte do Brasil Central e da região Norte do país.

Na figura 1, é possível observar que, no acumulado até o dia 28, choveu entre 150 e 300 milímetros, conforme a localização

Figura 1
Volume de chuvas no Brasil em março/2019 (até o dia 28), em milímetros.

Fonte: INMET | CPTEC Agritempo

Apesar dos prejuízos causados às estradas no Pará, Rondônia e Acre e, consequentemente, a dificuldade de transporte do gado e escoamento da safra de grãos, já mencionados nesta seção, no Centro-oeste e no Centro-sul do Brasil as precipitações têm sido favoráveis ao desenvolvimento das lavouras e manutenção da capacidade de suporte das pastagens.

Colheita da safra de verão e semeadura da segunda safra

A colheita da safra de grãos de verão (2018/2019) está na reta final no país.

No Paraná, 77% da área de milho e 80% da área de soja foram colhidas até o dia 25 de março, segundo o Departamento de Economia Rural (DERAL).

No Rio Grande do Sul, os trabalhos atingiram 65% da área de milho de primeira safra e 32% da soja (2018/2019) até o dia 28 de março.

Nas demais regiões produtoras, a Scot Consultoria estima que, em média, 75% do milho de verão e 55% da soja foram colhidos no mês de março. Os trabalhos deverão ser concluídos em meados de abril.

Com relação à segunda safra de milho, no Paraná, a semeadura atingiu 94% da área prevista com o grão. Com relação à situação das lavouras, 95% estão em boas condições e 5% em condições medianas (DERAL).

Em Mato Grosso, o plantio está concluído, de acordo com dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA).

Previsão para o curto prazo

Para o final de março e primeira semana de abril, as chuvas deverão continuar em grandes volumes na região Norte do país.

No Centro-oeste, as chuvas deverão ser mais moderadas, porém satisfatórias para o desenvolvimento do milho de segunda safra e manutenção das condições das pastagens em curto prazo.

Figura 2
Previsão de chuvas no Brasil entre os dias 29 de março e 6 de abril de 2019, em milímetros.

Fonte: IGES | COLA

——–

Toda segunda-feira um novo boletim climatológico é publicado às 6h. Não deixe de acompanhar!

 

Clique e leia a matéria completa