Tudo o que você precisa saber para ter um pasto produtivo

Confira um passo a passo para alcançar uma pastagem que dá resultado

pasto produtivo

Você já deve ter percebido que um pasto malformado só causa prejuízos. A área pode ter menor vida útil, comporta menos cabeças de gado e, consequentemente, é menos produtiva. E para contribuir com resultados sempre positivos para os seus negócios, fizemos uma seleção com tudo o que você precisa saber para ter um pasto produtivo e eficiente.

Por onde começar

É importante entender que existem diversas etapas que envolvem um programa de implantação de pastagem. Tudo começa com a escolha da área mais apropriada, estudos do solo, planejamento e seleção de insumos, até chegar ao preparo do solo (ou terreno), plantio, limpeza da pastagem (ou controle das plantas daninhas) e cuidados para garantir uma produtividade sempre em alta. Para auxiliar no seu planejamento, já mostramos por aqui os passos mais importantes para a formação de uma boa pastagem.

Mas, antes de colocar tudo isso em prática, você sabe exatamente todos os custos envolvidos na formação de cada hectare de pasto? Se planejada e executada corretamente, a formação das áreas de pastagem deve ser encarada como um investimento, que facilmente poderá ser diluído em um determinado período de tempo.  

O plantio

Além dos métodos de semeadura, que você já conheceu em nossa seleção de passos importantes para a formação de uma boa pastagem, outro fator decisivo é a escolha da forrageira ideal para a sua região.

Existem diversas opções de gramíneas disponíveis, mas a escolha da variação mais adequada para a sua área depende dos fatores climáticos, das condições da região e das técnicas de manejo utilizadas.

Manutenção e cuidados

Após o plantio, é necessário estabelecer os potenciais de produção da sua área de pastagem, pois a associação de fatores climáticos com as características do solo interferem no potencial produtivo de cada hectare.

Outra questão que influencia a produtividade e sempre deixa os pecuaristas em dúvida é a necessidade de uso de fertilizantes. Afinal, adubar ou não adubar o pasto? Especialistas afirmam que mais de 92% dos solos brasileiros são pobres em fósforo, é por isso que as análises corretas do terreno devem ser feitas para garantir a utilização adequada de fertilizantes. 

Controle de plantas daninhas

Para garantir um pasto produtivo e bem estabelecido, é fundamental se atentar às principais ameaças que podem interferir na produtividade da área. É por isso que o método adotado para o controle das invasoras é tão importante.

A presença das famosas juquiras, nas áreas de pastagem, acarreta competição com as forrageiras e diminuição de seu sistema produtivo, o que pode levar o pasto ao estágio de degradação.

A partir do período das chuvas, a atenção deve ser redobrada, seja na formação, renovação, recuperação ou manutenção da pastagem. E para garantir proteção em todas as situações, novos aliados dos pecuaristas estão sendo desenvolvidos, como a Tecnologia XT, que foi lançada com uma formulação exclusiva que proporciona um alto poder de controle das plantas daninhas duras e muito duras e, ainda, é faixa verde, o que garante segurança ao aplicador e possibilita a aplicação com equipamento costal.

Porém, mesmo proporcionando ótimos resultados, diversas recomendações para o uso de herbicidas em pastagens devem ser seguidas para evitar prejuízos e danos às propriedades vizinhas.

Avaliação de resultados

Se você já segue todas essas dicas, é fundamental acompanhar suas áreas de pasto bem de perto, desde o primeiro pastejo, e traçar estratégias para garantir uma pastagem produtiva.

Para avaliar seus resultados com efetividade, já mostramos por aqui algumas dicas sobre como calcular a produtividade das pastagens e como calcular a taxa de lotação da área, para garantir a correta quantidade de animais e evitar a degradação das pastagens.

E para ter certeza de que todas essas estratégias dão resultados extraordinários, leia sobre esse case de sucesso no Mato Grosso, que mostra como a tecnologia contribuiu para a intensificação da pecuária na região e inspire-se com esses resultados. 

Clique e leia a matéria completa

Compartilhe nas suas Redes Sociais:

Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos e personalizados

Cadastro

2 respostas para “Tudo o que você precisa saber para ter um pasto produtivo”

    1. Oi Walter, tudo bem? Estamos trabalhando no envio de newsletters por e-mail para ser ainda mais fácil acessar nosso conteúdo.
      Enquanto isso, você pode acompanhar nossas matérias aqui no site e também em nossas redes sociais. Todos os dias temos publicações muito interessantes.
      Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*