Fazenda Rentável: uma solução tecnológica para sua propriedade rural

Conheça a plataforma que está transformando fazendas de pequeno e médio porte em negócios mais rentáveis

Transformar fazendas em negócios mais lucrativos é o objetivo da startup Fazenda Rentável, fundada em 2017 pelo engenheiro civil Alex Narciso, em Goiânia (GO). A Fazenda Rentável é uma plataforma que auxilia na produtividade, tecnologia e rentabilidade das fazendas de pequeno e médio porte espalhadas pelo Brasil. O sistema permite identificar o potencial de cada propriedade, padronizar as unidades de produção e controlar os custos e as responsabilidades socioeconômicas e ambientais. Ele também possibilita realizar a gestão da fazenda, comprar insumos e vender a produção, tudo de maneira digital e com o auxílio de inteligência artificial.

Leia também: Vida no campo e tecnologia têm tudo a ver

O começo de tudo

Em 2014, o CEO da startup Alex Narciso conheceu o herdeiro de uma fazenda com mais de 450 hectares em Goiás. Na época, o sucessor era inexperiente e não produzia nada de forma comercial. Naquele momento, Alex viu uma oportunidade de ajudar e desenvolveu um projeto agrícola, no qual ele e outros profissionais do agronegócio identificaram um grande potencial para produzir grãos irrigados. Com esse projeto, conseguiram captar recursos e, consequentemente, performar bem a propriedade, aumentando em 1.200% sua lucratividade em apenas 18 meses.

Após esse feito, Alex dedicou-se a estudar o mercado e constatou que existiam várias fazendas no país enfrentando o mesmo problema, sofrendo com problemas de gestão ou com habilidades pouco exploradas. Foi então que resolveu criar, com outros dois engenheiros, a startup Fazenda Rentável. Com isso, digitalizaram os processos utilizando inteligência artificial e, assim, conseguiram ajudar vários produtores de forma eficiente e ágil.

Leia também: O que você precisa saber sobre sucessão familiar no agronegócio

Modelo de negócio 100% digital

Hoje, o mercado possui consultores que fazem essa análise da fazenda de forma manual, o que requer um tempo maior e um custo elevado para o pecuarista. O CEO explica que um dos principais benefícios da plataforma é a análise da fazenda em tempo real e 100% digital, não havendo necessidade de visita in loco na propriedade. Além disso, a solução exibe uma apresentação de pontuação de crédito (score) em cima do potencial produtivo da fazenda e conta com integração com outras startups. Tudo isso aumenta a agilidade na tomada de decisão. “O score próprio, com base no potencial produtivo é a inovação que trouxemos com a Fazenda Rentável. Somado a isso, outros conhecimentos que já existiam foram integrados à plataforma para tornar o processo mais rápido e com menor custo”, explica.

A facilidade para utilizar a ferramenta é um diferencial para o produtor rural, que identifica sem dificuldades qual projeto executar e agiliza a captação de recursos financeiros para custeio e investimento, além de contar com um leque de serviços adicionais para melhorar sua gestão e tornar sua propriedade mais lucrativa. “Tudo o que fazemos é de forma automatizada, e a primeira análise é gratuita. É só o fazendeiro cadastrar os dados na plataforma e será feito o diagnóstico da vocação da fazenda. A partir disso, oferecemos três serviços: o projeto agrícola, a possibilidade de captação de recursos e a gestão da fazenda, com a compra coletiva de insumos e a venda da produção. Para a gestão da fazenda, por exemplo, o pecuarista paga R$ 35,00 por cabeça/ano, e o agricultor paga uma saca de soja por hectare/ano em um contrato de 36 meses”, esclarece.

Leia também: Saiba tudo sobre as novas tecnologias para o campo

Tecnologia aplicada

A Fazenda São Joaquim possui uma área com pouco mais de 200 hectares e está localizada em Jandaia, no interior de Goiás. Nessa propriedade, foi desenvolvido um método de semionfinamento com pasto rotacionado, realizando o ciclo de 1.150 animais/ano. Ela obteve uma lucratividade de R$1.500,00/hectare por ano, com apenas com dois funcionários. “Digitalizamos esse modelo de negócio e conseguimos reaplicá-lo em sete fazendas que se cadastraram na Fazenda Rentável, em que a inteligência artificial identificou aptidão para pecuária de corte. Estamos na fase de captação de recursos financeiros para esses empreendedores da agropecuária”, conta Alex.

Atualmente, são 12 fazendas-modelos utilizando a plataforma e mais 150 propriedades estão na fila de espera. “Todos os dias se cadastram de quatro a cinco fazendas do Brasil inteiro pela internet. Como estamos em negociação com um fundo, e a grande dificuldade dos nossos clientes é crédito, estamos estruturando essa operação para poder atender a todos”, acrescenta.

Inteligência Artificial

A Fazenda Rentável utiliza inteligência artificial para identificar a capacidade das fazendas. Inicialmente, são cadastradas todas as fazendas que possuem Cadastro Ambiental Rural (CAR) no Brasil. Depois, é extraída a localização exata da propriedade, a altitude, o tamanho em hectares e o relevo.

Com imagens de satélites, é utilizado o Normalized Difference Vegetation Index (NDVI) – Índice de Vegetação da Diferença Normalizada – para identificar o uso atual do solo, como pasto, lavoura ou floresta. Com essas informações, uma rede neural artificial, que utiliza algoritmos para apresentar os melhores cenários produtivos, é treinada, desenvolvendo de forma instantânea projetos agropecuários e apresentando valor de investimentos e custeio, além da área necessária para realizar a operação, da quantidade de mão de obra e de equipamentos e do cálculo da atividade e lucro líquido.  

“Com todos os dados eu consigo identificar a vocação da fazenda, se é para grãos, pecuária ou ambos. É possível identificar as fazendas que produzem e as que não produzem. E esse segundo nicho é o nosso cliente principal. Normalmente, quem administra as que não têm produção são herdeiros, que não conseguem captar recursos financeiros ou têm outras dificuldades”, afirma.

Em breve, a ferramenta será disponibilizada para profissionais do agronegócio que não têm expertise em fazer a análise das fazendas. Os interessados serão cadastrados e homologados para usar a plataforma. Após a aprovação do projeto e a captação do crédito, o profissional irá fazer a parte executiva, usando a Fazenda Rentável para gestão.

Inserir a tecnologia no campo, portanto, é um passo fundamental para que seu negócio se adapte à competitividade gerada pelo Agro 4.0.

Leia também: A internet pode reduzir os custos e trazer mais rendimento para a pecuária

Gostou e quer utilizar essa novidade na sua fazenda? Envie suas dúvidas nos comentários!

Clique e leia a matéria completa

Tags

Compartilhe nas suas Redes Sociais:

Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos e personalizados

Cadastro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*