Liliana Teles: Vocação que vem de berço

Sucesso no agronegócio e destaque nacional, Lilica é apaixonada por cavalos e bois desde a infância e seguiu os passos dos avós e dos pais na criação de gado

Liliana Teles

Olhos atentos aos mínimos detalhes, experiência e conhecimento que vêm de berço e muito trabalho. Esses são apenas alguns dos ingredientes para o sucesso da pecuarista paulistana Liliana Teles de Menezes Almeida, 45, na agropecuária. A paixão pela fazenda, cavalos e bois começou ainda na infância, acompanhando o trabalho dos avós e dos pais na agropecuária. Dos 14 netos, ela foi a única a seguir na área. Sua principal inspiração é o pai, Flavio Teles de Menezes – e seus pais sempre a incentivaram a seguir seu sonho, que, desde pequena, era trabalhar na fazenda. 

Liliana Teles

Liliana Teles de Menezes Almeida, 45, é destaque na pecuária nacional.

Lilica, como é mais conhecida, começou a namorar com o zootecnista Fábio Souza de Almeida Filho aos 16 e se casou aos 19 anos. Ele também a incentivou a seguir no ramo e, juntos, comandam a fazenda da família, localizada entre Birigui e Araçatuba, no estado de São Paulo. A propriedade Água Branca é considerada um dos principais criatórios de gado Nelore do país e é reconhecida pela qualidade genética de seus animais. Lilica cuida da administração junto com o pai, além de ser responsável pela área de gestão de pessoas, enquanto Fábio se dedica ao dia a dia dos animais.

Liliana Teles

Fazenda considerada um dos principais criatórios de gado Nelore do país.

Projeto Nelore do Golias

O projeto Nelore do Golias, que resgatou a linhagem do touro, trazido da Índia em 1962, por meio de cruzamentos endógamos (entre parentes), começou em 2000 e mostrou a excelência da atuação do casal na pecuária. O objetivo era melhorar a qualidade da carne e aumentar a produtividade, pois o Nelore do Golias tem as características ideais para a pecuária de corte no Brasil. “Ele era campeão de peso na Índia e tinha um perfil diferente do que se procurava na época, com uma carcaça grande e profunda. Hoje, esse é o perfil ideal para quem produz carne”, conta.

Liliana Teles

Resgate da linhagem do touro Golias trouxe mais qualidade à produção de carne.

Com a orientação de geneticistas e técnicos qualificados, foi possível chegar a um grau de sangue com um filho direto do Golias, já que não havia sêmen do animal congelado. A qualidade do gado foi comprovada pela dissertação de mestrado de Mariana de Nadai Bonin, apresentada na Universidade de São Paulo (USP), que analisou a influência de touro e de genearca nos aspectos quantitativos e qualitativos da carcaça e da carne da raça Nelore. Graças ao projeto de resgate da linhagem do genearca Golias, atualmente a fazenda produz carne gourmet na alta seleção de Nelore, agregando valor ao produto.

“Além de fazer fertilização in vitro e transferência de embrião, hoje contamos com alta tecnologia para detectar as características que procuramos, analisando o marmoreio, a área de olho de lombo (tamanho do contrafilé) e a espessura de gordura subcutânea. Lógico que o acasalamento certo é essencial, já que temos clientes em todo lugar do Brasil e procuramos sempre manter as características da raça Nelore, a rusticidade do gado, a precocidade e a habilidade materna. A índole do gado também é muito importante, pois um animal tranquilo cria bem seus bezerros, ganha mais peso e tem sua carne ainda mais macia. Outro ponto fundamental é o modo como trabalhamos com os animais na fazenda. Sempre com bandeiras, sem cachorros e sem gritar, com técnicas de bem-estar animal e com tronco de alta qualidade, que não oferece riscos nem para o animal nem para o funcionário. Todo esse conjunto fez o Nelore do Golias ter sucesso na produção e se tornar conhecido. Sabemos que esse foi um longo trabalho e de uma equipe muito dedicada e competente, à qual sempre seremos gratos”, destaca.

Leia também: Broni Fries Luersen, pecuarista que inspira

Dia de Campo Nelore do Golias

Lilica e Fábio ainda promovem o Dia de Campo Nelore do Golias. Reconhecido como um dos eventos mais importantes da pecuária nacional, o tradicional encontro reúne pecuaristas, técnicos, empresários e outras personalidades ligadas ao setor da pecuária para conferir desfiles de animais da linhagem Golias, participar de leilões e saborear as delícias da fazenda no café da manhã e no churrasco. Em 2019, o evento reuniu mais de duas mil pessoas e teve até show sertanejo para animar o público. O Dia de Campo Nelore do Golias chegará à 10ª edição em 2020 e tem fama internacional: delegações de países como Paraguai, Argentina, Uruguai, Bolívia, Equador, Nigéria, Emirados Árabes e Estados Unidos vêm para o Brasil especialmente para o evento.

Liliana Teles

Lilica e o esposo são responsáveis por toda a organização do evento.

“Minha formação em turismo me ajuda muito na organização dos eventos. Não me esqueço do primeiro, realizado na sede da fazenda, com 70 pessoas, e eu parava para amamentar minha filha que tinha apenas um mês no dia. No ano seguinte, foram 300 pessoas, e no último duas mil. A organização não é fácil, pois eu e o Fábio fazemos tudo, desde a seleção do gado, montagem dos catálogos, contato com patrocinadores, contratação das equipes de trabalho, supervisão, acompanhamento da montagem e execução dos projetos, além dos convites e recepção dos convidados e apresentação no dia, que inclui desde o café da manhã, apresentação do gado, almoço e leilão até a confraternização final. Ano a ano, vamos aprendendo mais e tentamos melhorar. Além da mostra e da venda de  gado, o evento é um grande encontro de pecuaristas do Brasil e do mundo, um dia de networking do agronegócio”, ressalta.

Mulher, mãe e pecuarista

Mãe de três filhos, a pecuarista consegue visualizar o futuro de seus herdeiros na fazenda, cada um nas áreas em que tem mais afinidade. Eduardo, 24, é formado em administração e já atua no agronegócio. Manuela, 14, tem um perfil mais voltado para as áreas administrativa e de produção de alimentos. A filha mais nova, Isabela, 8, é a mais apegada aos animais. “É como me ver pequena, ela é apaixonada por cavalos e pelo gado também e diz que quer ser veterinária. Ficaríamos muito felizes com eles ao nosso lado, mas queremos que sejam felizes com suas escolhas”, afirma.

Leia também: De dona de casa a uma das maiores produtoras do agronegócio brasileiro

Liliana Teles

A pecuarista acredita que fazer um trabalho bem feito e se dedicar é o melhor jeito de dar certo.

Para Lilica, ser mulher nunca foi uma barreira no seu trabalho e declara que o apoio do pai, do esposo e das pessoas que estão à sua volta foram essenciais. “Sempre temos que impor respeito seja na maneira de falar ou de agir. Sinto pelas amigas que não tiveram o apoio que tive, pois sei que a jornada foi mais difícil de uma maneira geral. Não é só no agro, mas a mulher acaba tendo que provar que é capaz de trabalhar em determinados setores antes masculinos. Fazer o trabalho bem feito e se dedicar é o melhor jeito de dar certo”, aconselha.

Planos para o futuro

Com muito trabalho e competência sua, do esposo e de toda a equipe envolvida, Lilica supera diversos obstáculos diariamente, como a insegurança jurídica, a burocracia e os altos impostos. Ela acredita que está havendo uma mudança de visão dos outros países, que começaram a entender que o Brasil pode ser o celeiro do mundo. “Os planos não param, assim como a ciência e a tecnologia. Sempre temos que avançar mais, pesquisando e investindo. O plano é ajudar a pecuária nacional. Fazer com que a raça Nelore, tão adaptada ao nosso clima, seja uniforme como são as outras raças. Só assim nosso país chegará ao topo do mundo em carne de qualidade”, finaliza.

Liliana Teles

Contribuir com o avanço da pecuária nacional no mundo é uma das metas para o futuro.

E aí, o que achou dessa história incrível? Conte para nós qual pecuarista você gostaria de ver aqui no Pasto Extraordinário.

Leia mais: Academia de Liderança das Mulheres do Agronegócio da Corteva Agriscience

Clique e leia a matéria completa

Tags

Compartilhe nas suas Redes Sociais:

Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos e personalizados

Cadastro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*