Veja como é possível o controle de plantas daninhas pelo Brasil

Confira como a família de herbicidas XT da Corteva Agriscience™ vem sendo a solução no controle de plantas daninhas de pastagens tropicais em propriedades de diversos estados brasileiros

pastagem no norte

Solução prática e eficaz no controle de plantas daninhas em pastagem, a família de herbicidas XT da Corteva Agriscience™, lançada oficialmente em 2018, tem se destacado como uma importante ferramenta para os pecuaristas brasileiros.

Para mostrar a você quais são os resultados da aplicação da Tecnologia XT pelo país, elaboramos esta série especial que será dividida por regiões brasileiras. A primeira delas é a Norte, representada aqui pelo estado do Acre, mais especificamente pela Região Amazônica.

Investimento no controle de plantas daninhas

Como nos conta André Coutinho, ERC da Corteva Agriscience™ responsável pela região, as áreas de pastagem situadas no bioma amazônico trazem uma combinação agravante: grande volume de chuvas e altas temperaturas – um convite para o aparecimento de plantas daninhas.

O primeiro passo importante dado pelos pecuaristas locais para o controle dessas plantas, na opinião de Coutinho, foi perceber a necessidade de investimento em tecnologia para o cuidado adequado com a pastagem. E o lançamento da família de herbicidas XT veio para reforçar essa postura dos profissionais, que vêm confirmando na prática a eficácia do produto.

“Eles abraçaram com entusiasmo a nova tecnologia e estão bastante satisfeitos ao presenciar os resultados efetivos no pasto, com o controle de plantas daninhas até então não controladas”, conta Coutinho.

Combate a plantas de difícil controle com o XT

Uma das plantas daninhas mais encontradas no bioma amazônico são os cipós, também uma das mais difíceis de se controlar na região. Isso porque são plantas que têm um sistema radicular profundo e, na maioria dos casos, apresentam também uma propagação vegetativa; ou seja, quando se realiza uma gradagem do pasto infestado, acaba-se “plantando mais plantas”.

Com a combinação trazida pela Tecnologia XT em seus herbicidas, está sendo possível eliminar algumas espécies pela raiz, conforme explica o pecuarista Washington Jorge Neto, que já teve resultados positivos em suas duas propriedades no Acre: a Fazenda Pau d’Alho e a Fazenda Boa Ventura.

“Até então, as tentativas de controlar o cipó com outros produtos aplicados eram trabalhosas e demoradas. O XT, por sua vez, tem se mostrado bastante eficiente, já que nos trouxe um controle dessa planta de cerca de 80%, além da economia no tempo, no serviço e na quantidade de herbicida utilizado”, destaca Jorge Neto.

A aplicação do produto tem sido realizada na pastagem das duas fazendas por meio de bomba costal e de maneira foliar localizada.

pecuaria norte

Pastagem da Fazenda Boa Ventura, no Acre – Região Amazônica, onde foi aplicada a Tecnologia XT e já foi registrado um controle de 80% do cipó.

Leia também: Impactos das plantas daninhas na produtividade das pastagens

Tecnologia inovadora

Resultado de oito anos de pesquisas com experimentos realizados em áreas de pastagens com infestação natural das plantas daninhas nos diversos biomas brasileiros, a família de herbicidas XT traz produtos que se diferenciam e se destacam pela formulação exclusiva e inovadora, que é composta por três ingredientes ativos. Sendo o produto mais concentrado e apresentando sinergia entre os ativos, traz um controle mais eficiente das plantas daninhas.

Para o gerente de vendas da Corteva Agriscience™ Região Norte, Fabiano Mendes, a Tecnologia XT atua como uma solução especial e diferenciada ao eliminar definitivamente, pela raiz, as plantas daninhas consideradas duras e muito duras, um grande e antigo desafio da pecuária brasileira.

“É uma evolução bastante importante no combate às plantas daninhas, pois abriu um horizonte de possibilidades ao mercado e profissionais. Hoje, por exemplo, é possível recuperar diversas áreas de pastagem degradada, evitando a necessidade de reforma. E, com a recuperação do pasto, a disponibilidade de forragem ao gado é muito mais rápida e barata”, explica Mendes.

Leia também: Saiba o que mudou nos herbicidas nas últimas décadas

O diretor de marketing da companhia, Douglas Ribeiro, acrescenta e destaca o quanto o surgimento da Tecnologia XT como uma solução inovadora e completa no controle de plantas daninhas, até então sem possibilidade de eliminação: “Vem contribuir com essa necessidade apresentada pela pecuária no país e consolidar o compromisso da Corteva Agriscience™ com o segmento ao auxiliar profissionais a melhorarem seus negócios e, consequentemente, suas vidas.”

Grandes desafios na Região Amazônica. E na sua, como é? Conte para nós!

Clique e leia a matéria completa

Tags

Compartilhe nas suas Redes Sociais:

Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos e personalizados

Cadastro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*