O papel da diagnose visual das plantas no manejo de pastagem

A partir da diagnose visual da forragem, é possível identificar deficiências minerais das plantas daninhas ou outros tipos de plantas. Contudo, vale destacar que a análise do solo é insubstituível para determinar a correção e adubação.

O manejo correto da fertilidade do solo é responsável por cerca de 50% dos ganhos obtidos na produtividade das culturas.

Os programas de análises de solo e de plantas são utilizados com o objetivo de fornecer um guia para o manejo adequado da fertilidade do solo e da nutrição mineral das plantas. Esses programas fundamentam-se em pesquisas, relacionando as propriedades químicas dos solos e/ou o estado nutricional das plantas com a produtividade vegetal.

Assim, bons programas nessa área dependem da existência de amplos resultados de pesquisa.

Para iniciar um programa de manejo da fertilidade do solo, precisa-se, primeiro, conhecer os métodos pelos quais pode-se avaliar a fertilidade de um solo. Esses métodos são a análise química e física do solo, a diagnose visual de deficiências minerais nas plantas e a análise química da planta.

Desses métodos, a análise de solo é o mais utilizado em todo o mundo para avaliação da fertilidade de um solo e constitui o único método que permite o conhecimento adequado da capacidade de um solo suprir nutrientes para as plantas, antes do estabelecimento de uma cultura.

O que é diagnose foliar?

Justus von Liebig (1803-1873), pesquisador alemão considerado o “pai da química agrícola”, acreditava firmemente que, por meio da análise das folhas, era possível fazer recomendação de adubação.

A folha é a parte da planta mais analisada, por ser a sede da maioria dos processos fisiológicos. Dessa forma, é o órgão que melhor reflete a nutrição das plantas, em que melhor se verifica a resposta às variações no suprimento dos nutrientes e no qual as alterações fisiológicas, em razão de distúrbios nutricionais, torna-se mais evidente.

Por essa razão, quase sempre os diagnósticos nutricionais das plantas são feitos por meio das folhas pela técnica denominada diagnose foliar.

A diagnose foliar pode ser feita pela observação visual de sintomas de distúrbios nutricionais, técnica denominada de diagnose visual, ou por meio de análise química das folhas.

Eficácia da diagnose foliar visual

O diagnóstico de uma provável deficiência de um nutriente pode ocorrer a partir de um sintoma visual de deficiência, mas esse método requer acompanhamento sistemático, prática e conhecimento da pessoa que faz a avaliação; deve haver um histórico da área em questão, é difícil ter exatidão no diagnóstico quando há insuficiência de mais de um nutriente. Os sintomas de carência nem sempre são claros, pois podem ser mascarados por deficiência de outros nutrientes, por doenças e por ataque de pragas.

Os sintomas sempre indicam uma “fome” severa, nunca uma deficiência leve ou moderada, e, quando aparecem, já ocorreu queda na produtividade muito antes do surgimento dos sintomas.

A diagnose visual é possível apenas quando os sintomas de deficiência ou excesso se manifestam visualmente e, nesse estágio, muitas vezes é inevitável a perda de produção. Por isso, a diagnose visual deve ser considerada como uma técnica de avaliação do estado nutricional da planta forrageira a ser usada em conjunto com a análise de solo.

A análise do solo é insubstituível para avaliar a reação do solo (pH do solo), os problemas associados à acidez e para determinar a sua correção e a adubação.

Leia também: Calagem: uso de calcário nas pastagens e mercado

Autor: Adilson de Paula Almeida Aguiar, zootecnista, professor de Forragicultura e Nutrição Animal no curso de Agronomia, de Forragicultura e Pastagens e Plantas Forrageiras no curso de Zootecnia nas Faculdades Associadas de Uberaba (FAZU); consultor associado da CONSUPEC (Consultoria e Planejamento Pecuário Ltda.); investidor nas atividades de pecuária de corte e de leite.

Clique e leia a matéria completa

Tags

Compartilhe nas suas Redes Sociais:

Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos e personalizados

Cadastro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*