Corteva Agriscience™ destaca Plataforma-S em seu Relatório Global de Sustentabilidade

Lançamento aconteceu na mesma semana em que o planeta celebrou o Dia Mundial do Meio Ambiente com o tema Restauração de Ecossistemas

Relatório de Sustentabilidade Corteva

Um ano depois de anunciar seus compromissos públicos globais com a sustentabilidade, a Corteva lançou o seu Relatório de Sustentabilidade 2020 que, juntamente com outros destaques, apresentou a Plataforma-S entre as principais ações do pilar “Estamos nessa pela terra”, cuja meta é “aumentar a biodiversidade em 10 milhões de hectares de pastagens e ecossistemas naturais em todo o mundo até 2030”.

Mais do que um reconhecimento por tudo o que a empresa está fazendo para a construção de uma pecuária mais sustentável no Brasil e no mundo, o destaque foi recebido pelo time da Linha Pastagem como uma confirmação de que a instituição está no caminho certo. Segundo Paulo Pimentel, Líder da Corteva Linha Pastagem, “Colocar as nossas ações entre as iniciativas da Corteva para cumprir suas metas globais de sustentabilidade mostra a importância da pecuária brasileira para aumentar a oferta de alimentos, ao mesmo tempo que trabalha para reduzir os impactos climáticos e gerar progresso nas comunidades rurais”.

Uma responsabilidade que não é só da Corteva, “mas de todos nós empresa, pecuaristas e parceiros”, enfatiza Pimentel.

Dia Mundial do Meio Ambiente e a Plataforma-S

Em 5 de junho, todos os anos, é celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente. Neste ano, a ONU escolheu a data para lançar o conceito de “A Década da Restauração de Ecossistemas” – um convite da organização mundial por ações que ajudem a “prevenir, interromper e reverter a degradação dos ecossistemas”. Tais ações podem ajudar a erradicar a pobreza, combater as mudanças climáticas e prevenir uma extinção em massa, de acordo com a entidade.

O Relatório de Sustentabilidade mostrou que a Corteva está alinhada em prol da superação de parte desses desafios, ao detalhar metas baseadas na ciência para a redução da emissão de GEEs (Gases de Efeito Estufa) até 2030 e apresentando atualizações sobre os compromissos da instituição para enriquecer vidas, aumentar a resiliência do sistema alimentar global e proteger o planeta. “No ano passado, a Corteva deu um passo ousado ao anunciar metas de sustentabilidade que se estendem por todo o mundo e estão incorporadas em nosso negócio”, disse Anne L. Alonzo, vice-presidente de Relações Institucionais e diretora de Sustentabilidade da Corteva AgriscienceTM. “Este relatório fornece uma atualização sobre como estamos trabalhando para alcançá-las por meio de nossos produtos, colaborações e esforços de nossos 21.000 funcionários em todo o mundo.”

Nesse sentido, a Corteva, através de sua Linha Pastagem, está fazendo a sua parte por meio das iniciativas da Plataforma-S. Para se ter uma ideia, apenas em 2020, com o desenvolvimento de produtos mais concentrados, foi possível reduzir em 231 toneladas a quantidade de plástico na produção de embalagens e, com isso, alcançar uma redução de mais de 443 mil quilômetros rodados para distribuir esses produtos, reduzindo a quantidade de CO2 emitido no meio ambiente. Ainda dentro da Plataforma-S, foram realizadas 15 ações ambientais com foco em recuperação de nascentes e reflorestamento e ações no pilar S-Social, como reforma de escolas, capacitação e distribuição de alimentos.

LEIA TAMBÉM: Força, raça e fé em evento da Corteva

E muito mais vem por aí. Assim como a Década da Restauração de Ecossistemas, a Plataforma-S está só começando! E, em ambos os casos, com consciência das urgências climáticas e sociais do Brasil e do mundo.

Clique e leia a matéria completa

Tags

Compartilhe nas suas Redes Sociais:

Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos e personalizados

Cadastro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*