10 termos da pecuária que você precisa conhecer

Entenda o significado dos principais termos usados atualmente nas conversas sobre agropecuária. Eles já estão no dia a dia de quem trabalha no campo.

termos da pecuaria

Nesse texto você vai encontrar termos úteis para a pecuária e que você precisa conhecer. Alguns deles estão revolucionando o setor e traçando um novo cenário de trabalho no campo com o auxílio de tecnologias e plataformas digitais. Outros, entretanto, podem até parecer básicos, mas sua plena compreensão garante uma comunicação efetiva no dia a dia do produtor.

Neste contexto, é importante manter-se em constante atualização, tanto pelas inúmeras oportunidades do mercado como pelas mudanças que estão acontecendo em uma velocidade impressionante. Confira!

 

Pecuária 4.0: este termo é derivado da Indústria 4.0, que remete à digitalização dos processos de produção. Esse fenômeno vai além da simples mecanização do campo e do gado. As operações e decisões passam a ser orientadas com base em dados retirados do clima, da terra, da pastagem e do animal.

Pecuária de precisão: sinônimo de coleta automatizada de dados e assertividade nas tomadas de decisão, a pecuária de precisão amplia as possibilidades do agronegócio, uma vez que facilita a gestão de dados minuciosos da produção e possibilita maior controle sobre a rotina administrativa.

Tecnologia XT: uma solução acessível e revolucionária que acaba com a matocompetição das plantas daninhas lenhosas e semilenhosas, eliminando a rebrota, porque atua até a raiz. A tecnologia XT surge como uma solução especial e inédita para eliminar definitivamente as plantas daninhas duras e muito duras, sendo uma grande aliada da pecuária brasileira.

Animal inteiro: machos não castrados de uma espécie.

Forrageira: vegetações que cobrem determinada área utilizada para alimentação dos animais.

Pasto rotacionado: é a divisão da área de pastagem em piquetes, que são submetidos a períodos alternados de pastejo e descanso. A utilização deste sistema pode trazer muitos benefícios ao sistema produtivo como um todo e, por isso, o seu uso tem sido cada vez mais recomendado.

 Manejo racional: é baseado nos princípios de comportamento dos animais e tem como objetivo proporcionar mais segurança para pessoas e animais, maior eficiência na atividade diária e minimização do estresse do gado e das pessoas envolvidas no trabalho.

 Brete: local de contenção ou imobilização de animais para práticas como vacinação ou aplicação de medicamentos.

Casqueamento: tratamento efetuado nos cascos dos animais para corrigir o aprumo e mantê-los saudáveis.

Piquete: subdivisão do pasto normalmente destinada ao pastoreio ou separação de animais que necessitam de tratamentos ou cuidados especiais.

 

E aí, já estava familiarizado com os termos? Conte pra gente nos comentários quais fazem parte do seu cotidiano!

Clique e leia a matéria completa

Tags

Compartilhe nas suas Redes Sociais:

Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos e personalizados

Cadastro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*